radio zumbi

terça-feira, 31 de maio de 2016

Deputada Estela Bezerra lança vereadora como pré-candidata do PSB em Itabaiana

Rosane e Estela Bezerra

O Comitê Municipal do PSB não confirma, no entanto, a deputada Estela Bezerra garante: a pré-candidata do partido em Itabaiana é a vereadora Rosane Almeida, que deverá disputar o cargo de prefeito com o atual gestor, Antonio Carlos Júnior, e o ex-secretário de saúde na gestão de Dida Moreira, seu filho Sinval Neto. O anúncio foi feito pela própria deputada em programa de rádio na capital, nesta terça-feira, 31.

As forças políticas que defendem a candidatura já posta do médico Lúcio Flávio ainda não se pronunciaram. Para o staff de Rosane Almeida, haverá um entendimento dentro do partido. “O objetivo de todos é derrotar a situação. A gestão atual é muito ruim e reprovada por mais de 80% da população”, disse uma fonte desse agrupamento político. Segundo essa mesma fonte, nem Estela Bezerra, tampouco Edvaldo Rosas, presidente do Partido Socialista Brasileiro na Paraíba, abrem mão da pré-candidatura de Rosane Almeida.

Coincidentemente, o dia de ontem foi aniversário da vereadora Rosane, que recebeu o anúncio de Estela Bezerra “como um presente especial”, disse uma pessoa de sua família.  

Serviço de convivência promove oficina de música em Juripiranga

O SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – da Secretaria de Desenvolvimento Social de Juripiranga, promove a iniciação musical para as crianças e adolescentes atendidas pelo serviço. Na oficina, ministrada pelo Professor Rafael Gomes, as crianças e adolescentes aprendem a tocar flauta doce e a cantar em coral, utilizando peças musicais populares, estimulando desde cedo as mesmas a conhecerem e se aprofundarem no mundo das artes.
Ao todo, 30 crianças de 06 aos 13 anos participam da oficina de música e o critério para entrar neste grupo é o da livre escolha, ou seja, elas tem a liberdade de escolher em qual oficina querem participar. A oficina vem atraindo o interesse dos pequenos usuários.
O SCFV está sempre inovando, proporcionando estímulo ao seu público atendido em participar das diversas atividades oferecidas pelo serviço, que compõem um rico calendário que permeia o ano inteiro, conforme informações do portal oficial do Município.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Show de poetas da Academia de Cordel quer juntar música, teatro e poesia

Magno Carvalho e Thiago Alves estão no espetáculo “Cordel do fogo apagado”

A primeira edição do show “Cordel do Fogo Apagado”, uma iniciativa da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, pretende unir música, teatro e declamação de poesia popular. O espetáculo terá participação dos poetas Sander Lee, Fábio Mozart, Márcio Bizerril, Thiago Alves e do violonista Magno Carvalho. O espetáculo está em fase de montagem, com previsão de estreia em julho de 2016, provavelmente no Teatro Municipal Santa Catarina, em Cabedelo.

Para Márcio Bizerril, que é poeta, repentista e pintor, a performance servirá como cartão de apresentação da própria Academia, composta de artistas que mexem com muitas linguagens. “Vou chegar com minha mala de causos, quadros e bonecos, monto meu picadeiro e rasgo o verso, conto algumas mentiras e duas ou três verdades, vendo folhetos e pomada para dor de corno e convido a plateia para entrar no mundo mágico da cultura popular nordestina”, explica Bizerril.

Sander Lee, que é presidente da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, também é ator de teatro e declamador. “No show, vamos cantar e declamar, sendo que mostraremos alguns esquetes teatrais baseados em folhetos de cordel e na poesia de Zé da Luz, meu conterrâneo de Itabaiana”, disse ele.

Fábio Mozart é diretor teatral e também participa da performance. “No começo, vou logo explicando que o show se chama ‘Cordel do fogo apagado’, porque a gente ta fazendo uma brincadeira com o nome daquela banda de Arcoverde, o Cordel do Fogo Encantado, que fazia um espetáculo basicamente de poesia com música no meio e um tiquinho de presepada teatral”, expõe Mozart.

O violonista Magno Carvalho pretende inserir seu instrumento no conteúdo narrativo do espetáculo. “Na verdade, este show tem como principal objetivo festejar os encontros, a comunhão que a arte propicia, juntando velhos amigos artistas para cantar e declamar, numa brincadeira coletiva que faz parte, também, da comemoração dos quarenta anos de atuação do Grupo Experimental de Teatro de Itabaiana”, disse Magno. 

domingo, 29 de maio de 2016

Pré-candidato denuncia falta de infraestrutura em bairro periférico de Itabaiana

Comunidade convive com esgoto a céu aberto

O pré-candidato a prefeito de Itabaiana, Gildo Jerônimo, denunciou o que considera abandono por parte da Prefeitura local da comunidade José Benedito da Silveira, conhecida por ‘comunidade do lixo’, cujos moradores vivem em situação precária, segundo ele. Com as chuvas, o barro escorre para dentro das residências, causando transtorno. As ruas apresentam esgoto a céu aberto, colocando em risco a saúde dos moradores.

De acordo com Edson Ricardo Marinho, residente em Itabaiana, o prefeito Antonio Carlos “faz a pior gestão da história administrativa da cidade”. Para ele, Antonio Carlos é prefeito pela primeira vez, “porque antes, na primeira gestão, seu pai era quem administrava e agora ele consegue ser mais ruim”, afirmou.

O técnico em radiologia, José Walmir Ferreira, lembrou que o prefeito foi escolhido livremente pelos eleitores da cidade. “Nossos políticos são reflexos da sociedade, não são seres extraterrestres, eles representam o que somos realmente”, analisa. 

O vereador Semeão Rodrigues, que tem uma borracharia ao lado da comunidade, informou que já fez vários requerimentos com pedidos para revitalizar o local, mas “até o momento o prefeito não fez nenhuma benfeitoria”, afirmou. 

Com a crise política e econômica que tende a se aprofundar no país, tudo indica que a situação vai piorar ainda mais. Com a aproximação das eleições, pré-candidatos aproveitam o momento para criticar o prefeito, sem apontar caminhos que ajudem o município a sair do enrosco. “Falta equilíbrio, coerência, lucidez e responsabilidade de certas figuras políticas que agem por impulso ou egoisticamente, buscando, não a defesa social, mas apenas com interesses meramente eleitoreiros”, criticou João Medeiros, morador da cidade.


sábado, 28 de maio de 2016

Jornalista afirma que Paraíba tem dívida com Sivuca

O jornalista Sílvio Osias, colunista do Jornal da Paraíba, escreveu artigo neste sábado, 28, onde afirma que a data de 26 de maio, aniversário do artista, “reaviva a memória e sugere: quando, onde e por quem será, afinal, construído o memorial de Sivuca?” Ele informa que o acervo está com a viúva, Glorinha Gadelha, constituído de roupas, discos, objetos pessoais, fotos, vídeos, correspondências, partituras – centenas de itens que, reunidos num local adequado, comporiam significativo retrato de um artista que projetou internacionalmente a Paraíba e o Brasil.

Osias lembra que, em dezembro, fará uma década da morte de Sivuca. “O projeto Memorial Sivuca não é novo”, afirma ele, lembrando que esse projeto passou pelo Ministério da Cultura quando o presidente era Lula, passou pelo Governo do Estado quando o governador era José Maranhão, mais tarde chegando à UFPB.

Em julho de 2009, portanto há sete anos, o Governo da Paraíba anunciava que construiria o Memorial Sivuca. O anúncio foi do subsecretário de Cultura, Flávio Tavares, em coletiva à imprensa. O secretário afirmou que o ministro da Cultura, Juca Ferreira, agendou para dentro de dez dias tratar do projeto do memorial com Flávio Tavares, em Brasília.
O ministro Juca Ferreira afirmou que daria prioridade máxima ao assunto. O ministro foi recepcionado no aeroporto, em visita a João Pessoa, ao som do grande sucesso de Sivuca e Glorinha Gadelha, “Feira de Mangaio” e ficou impressionado pela beleza da música.

O projeto do Memorial Sivuca é de autoria da viúva do artista paraibano de Itabaiana, a compositora Glorinha Gadelha. Flávio Tavares adiantou na ocasião que o museu seria construído em João Pessoa ou na cidade de Campina Grande.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Academia de Cordel prestigia lançamento de livro sobre poetisa paraibana

Jandira Lucena e Thiago Alves

A Academia de Cordel do Vale do Paraíba esteve representada pelos poetas Thiago Alves, Dalmo Oliveira e Fábio Mozart no lançamento do livro “Uma homenagem a Violeta Formiga e outros escritos”, da escritora itabaianense Jandira Lucena, no dia 25 de maio (quarta-feira) no auditório do CCHLA da Universidade Federal da Paraíba. O livro enfoca a obra de Violeta Formiga, poeta e psicóloga assassinada pelo marido em 28 de agosto de 1982 em João Pessoa.
O lançamento do livro contou com a presença de professores e alunos da UFPB, já que o evento também marcou a despedida de Jandira Lucena dos quadros da Universidade, onde trabalha há mais de 30 anos. A servidora e outros colegas que estão se aposentando receberam certificado de honra ao mérito e gratidão aos servidores aposentados do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes. Emocionada, Jandira agradeceu a homenagem dos colegas.
O poeta Thiago Alves, em nome da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, parabenizou Jandira Lucena pelo lançamento de sua primeira obra, apresentando na ocasião o convite para que a mesma ingresse nos quadros da entidade. “Será uma honra para nós ter Jandira Lucena como confreira, tendo em vista sua capacidade intelectual e sua dedicação em tudo o que faz”, disse Thiago. No evento literário, estiveram presentes poetas, escritores e artistas como o músico Adeildo Vieira. A banda Classic Band tocou clássicos do jazz enquanto a autora autografava os livros. 

quinta-feira, 26 de maio de 2016

TCE aprova contas da Câmara de Itabaiana, gestão do Pastor Ronaldo


O Tribunal de Contas da Paraíba, reunido nesta quarta-feira (25), aprovou as contas da Câmara Municipal de Itabaiana, em grau de recurso, referente ao ano de 2012, no último ano do então Presidente Pastor Ronaldo.

Essas contas de 2012 da Câmara Municipal de Itabaiana foram reprovadas em 10 de dezembro de 2014 – processo sob relatoria do conselheiro substituto Renato Sérgio Santiago Melo – com imposição de débito superior a R$ 50 mil ao gestor Ronaldo Gomes da Silva por dispêndios não comprovados com contribuição securitária. Ele, porém, ainda dispunha da oportunidade de comprovação documental desses gastos, em fase de recurso, o que foi realmente efetivado, com as contas finalmente aprovadas.

Conduzida pelo presidente Arthur Cunha Lima a sessão plenária teve as participações dos conselheiros André Carlo Torres Pontes, Nominando Diniz, Fernando Catão, Marcos Costa e Fábio Nogueira.

Também, dos conselheiros substitutos Antonio Cláudio Silva Santos, Antonio Gomes Vieira Filho, Renato Sérgio e Oscar Mamede Santiago Melo. O Ministério Público de Contas esteve representado pela procuradora geral Sheyla Barreto Braga de Queiroz.


quarta-feira, 25 de maio de 2016

Pilar recebe veículo para Conselho Tutelar através de emenda de Luiz Couto


O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) esteve em João Pessoa e Campina Grande nesta sexta-feira, 20, para fazer a entrega de 28 veículos Citroen AirCross 0 KM a conselhos tutelares de 27 municípios da Paraíba.

A aquisição dos veículos integra o kit dos conselhos, composto ainda por 5 computadores, um refrigerador, um bebedouro e uma impressora multifuncional.

Os recursos foram garantidos pela apresentação de emenda parlamentar de Couto ao Orçamento Geral da União (OGU) e financiados pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Um dos municípios contemplados foi Pilar, além de Alagoa Grande, Alhandra, Areia, Bananeiras, Caiçara, Camalaú, Caturité, Itaporanga, Lagoa de Dentro, Nova Palmeira, Maturéia, Mulungu, Pedra Lavrada, Pilõezinhos, Pirpirituba, Rio Tinto, Santa Rita (2), São Bentinho, Sobrado, São José dos Cordeiros, São Mamede, Sapé, Serra Branca, Sertãozinho, Sobrado, Soledade e Zabelê.

Prefeitos, secretários municipais, além de conselheiros tutelares de diversas regiões da Paraíba acompanharam o deputado nas concessionárias da Citroen em João Pessoa e Campina Grande para receber as chaves dos veículos.

A rede francesa foi a vencedora do pregão realizado pela Secretaria de Direitos Humanos e ofereceu o melhor preço para os automóveis com as especificações citadas pela SDH. 

Com essa nova Ordem de Fornecimento, já passam de 80 os conselhos tutelares do Estado da Paraíba equipados através de Emendas Individuais do deputado Luiz Couto ao Orçamento Geral da União (OGU).

O parlamentar parabenizou os representantes dos municípios e desejou que os kits possam ajudar no trabalho de garantir os direitos e proteção às crianças e adolescentes.

Ele também orientou para o bom uso dos automóveis e demais equipamentos e comentou que o ideal seria a aquisição de sedes próprias para os conselhos, evitando as mudanças de imóvel e prejuízos aos serviços prestados à população.


Couto recebeu, na ocasião, os agradecimentos dos representantes de municípios e conselhos por seu empenho na oferta de equipamentos necessários ao bom funcionamento das unidades. 

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Escritora itabaianense lança livro sobre Violeta Formiga ao som de jazz

Celeiro de grandes talentos em diversas áreas de atuação, Itabaiana marca mais uma vez o nome de uma grande promessa. Jandira Lucena, nascida e criada na cidade, hoje radicada em João Pessoa, convida o público para o lançamento de sua primeira publicação, “Uma homenagem a Violeta Formiga e outros escritos”, nesta quarta-feira, 25, às 17 horas, no auditório 412 do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes da UFPB.

Jandira Lucena é artista plástica e blogueira. “O livro fala basicamente sobre a poeta paraibana Violeta Formiga, de Pombal, formada em Psicologia e que viveu apenas 31 anos. Ela publicou apena um livro – Contra Cena, mas foi uma figura marcante da cena poética paraibana, com a temática da liberdade e da emancipação feminina”, disse Jandira sobre sua obra. O livro também traz poemas e crônicas de sua autoria, lembranças familiares e prosa poética. “Jandira é poeta, e só uma pessoa de sensibilidade literária tentaria resgatar do fundo do baú a poesia de Violeta Formiga”, afirmou a professora e escritora Neide Medeiros.

O lançamento do livro terá participação da banda Classic Band, liderada pelo saxofonista Arnaud Neto, com formação de baixo acústico, piano digital, bateria e sax, construindo um som intimista com repertório composto por clássicos do jazz.

Na oportunidade, a UFPB entregará certificados de honra ao mérito e gratidão aos servidores aposentados do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, após o que será servido coffee break. Os livros serão distribuídos de forma gratuita com o público presente.

Contato: 9-9323.0180


Juripiranga realiza 2ª Conferência Municipal da Cidade e discute planejamento urbano




Foi realizada nesta sexta-feira, 20, a 2ª Conferência Municipal da Cidade de Juripiranga, um evento que obedeceu o calendário nacional de conferências que este ano estão discutindo o futuro dos municípios brasileiros do ponto de vista do planejamento urbanístico que impacta diretamente na qualidade de vida da população.

O tema que permeou toda a conferência foi “A Função Social da Cidade e da Propriedade: Cidades Inclusivas, Participativa e Socialmente Justas” e, a partir deste mote a população junto com os conferencistas debateram questões cruciais para o futuro da cidade.

Participaram da conferência o prefeito Paulo Dália Teixeira, os secretários municipais Ino Lucas (planejamento), Osmar Anízio (administração), Mauro Sérgio (Saúde), Marta Marinho (Desenvolvimento Social) Rodrigo Cavalcante (Educação) e a gerente de ação social e articuladora da conferência, Edineide Almeida.
O governo do estado marcou presença no evento, sendo representado pelos da CEHAP (Companhia Estadual de Habitação da Paraíba), a Drª Gulhermina e do Drº Arthur Guimarães.

Na parte final da conferência, no período da tarde, após o debate dos eixos temáticos, foram apresentadas e acordadas as três melhores propostas para a cidade que serão levadas para a conferência estadual das cidades dentro em breve. Na ocasião também foram escolhidos os delegados que representarão o município nesta mesma conferência estadual, a ser realizada ao final das conferências municipais.

Com informações de Ino Lucas




domingo, 22 de maio de 2016

Socialistas querem montar gestões consorciadas na região de Itabaiana

Benício Neto e Lúcio Flávio no programa "Alô comunidade", em Pilar (Foto: Jacinto Moreno)
Prefeitos das cidades de Pilar, Itabaiana, São Miguel de Taipu e Juripiranga, ligados ao PSB, poderão formar consórcio intermunicipal na região do vale do Paraíba, se forem eleitos. A ideia foi ventilada pelos pré-candidatos do Partido Socialista Brasileiro, Lúcio Costa e Benício Neto, de Itabaiana e Pilar respectivamente, em encontro realizado no dia 15 de maio na Associação de Moradores de Jacaré, na zona rural de Pilar, para comemorar os cinco anos de transmissão do programa “Alô comunidade”, da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, de João Pessoa. Em entrevista ao programa, Lúcio Flávio Costa e Benício Neto destacaram o crescimento do PSB na região, principalmente nas cidades de Itabaiana, Juripiranga, São Miguel de Taipu e Pilar, onde a legenda poderá vencer. “Já somos o maior partido da Paraíba e vamos avançar muito aqui na região do vale do Paraíba”, afirmou Sousa Filho, líder comunitário também presente ao encontro.
Em entrevista, os pré-candidatos Lúcio Flávio e Benício Neto disseram acreditar na possibilidade de discussão de um consórcio entre os municípios da região para enfrentar problemas comuns. “O gerenciamento de resíduos sólidos e projeto do aterro sanitário, que não avançou nos últimos anos, por exemplo, poderá ser objeto de uma pactuação entre os municípios. Com os valores do socialismo como guia, poderemos fazer um planejamento que englobe esses municípios tendo em vista o desenvolvimento conjunto da região”, acredita Lúcio Flávio.
O pré-candidato socialista de Pilar, Benício Neto, teceu críticas à gestão pública em sua cidade, lamentando que o município continue marcando passo, principalmente na área de saúde, onde foi fechada a única maternidade. “Temos outro problema que foi piorado na atual gestão da prefeita, que é a degradação ambiental do rio Paraíba, um crime ecológico que absurdamente continua sendo praticado com licença da própria gestão pública”, afirmou.
Wilton Pontual, líder político de Pilar, também se pronunciou, lamentando que Pilar “andou para trás, apesar de ter tido a oportunidade de ter um ministro como filho da prefeita, mas que nada fez pela cidade”, referindo-se ao ex-Ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, atualmente investigado no âmbito da Operação Lava-Jato.
Os dois pré-candidatos do PSB também comentaram sobre políticas públicas para a zona rural, ambos defendendo a agricultura familiar, com críticas às gestões de Pilar e Itabaiana, principalmente, que, segundo eles, não contemplam políticas públicas sólidas para este setor em toda Mesorregião da Mata Paraibana, particularmente naqueles dois municípios. “Nosso desafio é enfrentar os problemas comuns, tendo como diferencial as propostas e a visão de mundo do Partido Socialista Brasileiro”, disse Lúcio Flávio. 

A gravação do programa está sendo reprisada todos os dias, até o dia 28 de maio, através do blog da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, às 14 horas, no endereço eletrônico www.radiozumbijp.blogspot.com


sábado, 21 de maio de 2016

Em Itabaiana, só serão permitidas manifestações “positivas” na passagem da Tocha Olímpica


A Secretaria de Turismo de Itabaiana anunciou que já está quase tudo pronto para a passagem da Tocha Olímpica pela cidade, no dia 2 de junho, vinda de Pedras de Fogo. A Tocha percorrerá algumas ruas que já estão sendo preparadas para o evento. Segundo a Secretaria, a prefeitura irá gastar o mínimo necessário, já que pelo contrato firmado, a cidade deverá oferecer a infraestrutura básica devido à importância do evento. Uma operação tapa-buracos já foi iniciada, com iluminação e revitalização de praças, em parceria com a iniciativa privada.

Foram selecionadas vinte corredores para o revezamento, “segundo alguns critérios”, conforme disse o setor de Turismo do Município. Políticos e parentes das autoridades locais não poderão participar diretamente do evento, além de “pessoas com restrições”. A fonte não esclareceu a que tipo de restrição se refere.

Outra determinação da organização é que só serão permitidas “manifestações positivas”, garantindo-se muita segurança, já que o acontecimento será visto pelo mundo inteiro. Igualmente não ficou elucidado o sentido da expressão “manifestações positivas”. Para o estudante Edriano, as manifestações populares sempre serão positivas em uma democracia. Em Itabaiana, o Poder Executivo local não vem tendo bom crédito da população, a julgar pelos protestos e declarações dos cidadãos nas redes sociais e na imprensa.

Para o estudante universitário Lourenço Paiva, trata-se de “mascarar a realidade do município”. O blogueiro Marconi Lucena também acha “estranho” determinar o que seja manifestação positiva ou negativa. “Só se tirarem o povo das ruas, porque a população está se sentido inferior a essa Tocha, já que, graças a ela, estão limpando as ruas e tapando os buracos, ou seja, se fosse pela população, tudo continuaria sujo. Essa é uma oportunidade para dizermos que preferimos trocar a Tocha por mais saúde e educação de qualidade e por uma cidade decente”, afirmou ele.

A passagem da tocha olímpica por Belo Horizonte neste sábado (14) assimilou o clima político existente no país. Desde o início do percurso, diversas pessoas manifestaram, por meio de palavras de ordem e cartazes, posição crítica em relação ao afastamento de Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República e a temas como corrupção. Eles classificaram de golpe o processo em curso no país. Na Praça da Liberdade, houve também um ato contra o governador Fernando Pimentel, organizado pelo Vem Pra Rua, um dos movimentos que participaram da mobilização a favor do impeachment.



quinta-feira, 19 de maio de 2016

Agentes de Saúde de Pilar reivindicam reajuste salarial e plano de carreira


Nesta quarta-feira, 18 de maio, considerado o dia D de mobilização nacional dos agentes de saúde, os agentes comunitários de saúde de Pilar realizaram uma paralisação de advertência. A ação faz parte de um movimento nacional que segue convocatória da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias – CONACS. A entidade fez o chamamento aos sindicatos e associações de ambas as categorias para realização de atos públicos em todo Brasil neste 18 de maio.

A categoria reivindica reajuste salarial de R$ 1.014 para R$ 1.250, além da implantação do Plano de Cargos e Carreiras e Vencimentos. Na oportunidade, outros pontos também foram discutidos, a exemplo do PL 1628/15, Projeto de Lei que prevê entre outros direitos, aposentadoria especial para estes profissionais e que ainda não foi aprovado pelo governo federal, além de voto de repúdio às portarias 958 e 959, publicadas recentemente pelo Ministério da Saúde, prevendo a substituição desses profissionais por técnicos de enfermagem.

"Nosso trabalho é de extrema importância para o povo, porque somos nós que fazemos a saúde preventiva das pessoas, agindo na prevenção, para que elas não adoeçam, diferente da função do técnico de enfermagem e médicos, que tratam dos enfermos e nas unidades de saúde", afirmou o presidente da comissão dos agentes de saúde de Pilar, Evanio Teixeira

A Agente de Saúde Josélia Vicente afirmou que é de suma importância manter as categorias unidas, em prol de um único objetivo que é a valorização do profissional.

“O agente comunitário é muito importante para a população, vamos continuar lutando para revogar essas portarias e darmos continuidade à nossa luta”, disse o Agente de Saúde Iractan Soares, que mesmo com limitação devido a um acidente, não deixou de marcar presença no ato.

Evanio Teixeira

Prefeitos já comemoram o fim do piso nacional dos professores


Prefeitos e governadores em todo o país já comemoram o que será o fim do Piso Nacional dos Professores, proposta de Michel Temer (PMDB) para aplicação em seu eventual governo. Matéria sobre isso foi publicada na Folha de São Paulo no último dia 28.04.

A ideia de Temer é modificar a Lei 11.738-2008 e criar um programa batizado de “Travessia Social”, que daria ‘bônus’ aos docentes que ‘melhorassem’ o desempenho dos alunos e também ‘aperfeiçoassem’ suas práticas pedagógicas.
Ou seja, em vez de reajustes anuais lineares a partir do mês de janeiro de cada ano para todos os educadores da educação básica pública, tal como reza a lei 11.738-2008, apenas os educadores que cumprirem as metas do ‘novo’ programa teriam direito a uma espécie de abono, que sequer vai para a aposentadoria. Desde 2009, os reajustes do piso se dão pelo mesmo índice de crescimento do custo-aluno, sempre acima da inflação oficial.

Um atraso, diz especialista em educação

“Essa proposta de Temer representa um grande atraso para a educação pública e para a valorização dos professores”, alerta a Doutora em Educação Maria Esther Salgado. Explica a educadora que o desempenho dos alunos não é resultado exclusivo da atuação dos seus mestres, vez que o ensino-aprendizagem envolve diversos outros elementos, como a estrutura das escolas, as condições de trabalho e o próprio nível cognitivo de cada discente. Ao se querer reduzir tudo isso somente à atuação do educador, tenta-se na verdade justificar a ausência de valorização desse profissional pondo a culpa apenas nele mesmo. “Essa proposta não passa portanto de golpe no magistério”, conclui a Drª Esther.

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Oposição denuncia “farra de combustível” em Salgado de São Félix

O prefeito do município de Salgado de São Félix, Adaurio Almeida, paga R$ 4 mil reais mensalmente pela locação de uma caminhoneta cabine dupla de luxo para se deslocar de João Pessoa, onde reside, ao município, onde dá expediente duas vezes por semana. O carro do prefeito gasta cerca de R$ 40 mil anualmente, só em combustível. A denúncia foi feita  assessoria de comunicação do pré-candidato a prefeito, Dr. Joni. “O município, que tem uma extensão territorial muito grande, haja vista que faz fronteira com as cidades de Macaparana e Timbaúba em Pernambuco, além de Itatuba, Itabaiana, Mogeiro na Paraíba, necessita de transporte para servir à população, principalmente para prestar socorro em casos emergenciais”, diz a nota.

Fonte da Prefeitura de Salgado opinou pela regularidade e legalidade dos atos praticados pela administração pública salgadense na contratação de locação de automóveis. “Tudo está em conformidade com a legislação pertinente, sendo que o chefe da edilidade não utiliza o veículo em eventos políticos, tão somente para atender às necessidades de locomoção para tratar de assuntos de interesse público”, declarou a fonte. Ainda conforme a versão da Prefeitura, não procede a acusação de despesa antieconômica e irregular com a locação de veículos destinados ao gabinete do Prefeito, posto que tal despesa tem sido aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.  

terça-feira, 17 de maio de 2016

Músicos itabaianenses lideram quarteto destacado na cena musical da Paraíba


O baixista Max Mozart e o saxofonista Arnaud Neto, de origem itabaianense, conduzem a Classic Band, formação composta ainda por um baterista e um tecladista que executa o piano digital. A banda vem alcançando notoriedade na cena musical da Paraíba. “É algo diferente de tudo o que você já ouviu, com um show intimista composto de repertório que compreende jazz, soul, bossa, mpb, choro e muitos números internacionais de qualidade”, comenta Mozart. Ele destaca anda a fusão do jazz com a bossa nova como marca do grupo.

Com essa sonoridade sofisticada, a Classic Band tem obtido notoriedade, tocando em eventos e criando um clima perfeito, onde os convidados interagem ao som leve e elegante da banda. A Classic Band já atuou em diversos eventos corporativos em sua curta trajetória musical, atendendo a diversos setores do mercado.

Na agenda dos músicos, o próximo evento ocorrerá no dia 25 de maio no auditório 412 do CCHLA da Universidade Federal da Paraíba, às 17 horas, quando tocarão no lançamento do livro “Uma homenagem a Violeta Formiga e outros escritos”, da escritora também itabaianense Jandira Lucena. Na oportunidade, a UFPB entregará certificados de honra ao mérito e gratidão aos servidores aposentados do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes.  

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Lideranças comunitárias participam de aniversário de programa radiofônico na zona rural de Pilar/PB


Neste domingo, 15 de maio, os apresentadores e técnicos do “Alô comunidade” comemoraram os cinco anos do programa reunindo lideranças comunitárias de Jureminha e Jacaré, no município de Pilar, onde foi realizada uma reunião para tratar de projetos de comunicação comunitária e logo após foi gravada a edição de aniversário, com participação dos médicos Lúcio Flávio, de Itabaiana e Benício Filho de Pilar, além de Eulina Maria, da Associação de Moradores, Danielly Gomes da escola pública local, professores, jovens da comunidade, atletas do grupo de capoeira “Terra Firme” e outros moradores de sítios vizinhos como Galhofa e Jureminha.

Os entrevistadores Fábio Mozart e Dalmo Oliveira ouviram o povo reunido na ocasião, tratando de problemas da comunidade e falando da cultura local. O encontro teve como principal funcionalidade aproximar o pensamento, o desejo e as necessidades da população com os projetos de comunicação popular da Rádio Comunitária Zumbi dos Palmares, que apresenta o programa “Alô comumidade” todos os sábados pela Rádio Tabajara da Paraíba, em rede com mais doze rádios comunitárias paraibanas e portais da internet. Entre outros temas, foram debatidas formas de buscar soluções viáveis para apoiar a agricultura familiar, melhorar as estradas vicinais e projetar ações efetivas de políticas públicas para as comunidades rurais de Pilar e Itabaiana.

A equipe da Rádio Zumbi contou com o cinegrafista Jacinto Moreno, com apoio técnico de Marcos Veloso e Beto Palhano, produção e apresentação de Fábio Mozart e Dalmo Oliveira. No encontro, falaram ainda o líder comunitário Sousa Filho, de Itabaiana, o ativista político Wilton Pontual, de Pilar, e o professor Suamir, o capoeirista Rafael, do grupo do Mestre Raposão, que realizou uma demonstração de jogos de capoeira com rapazes da comunidade.

A Associação de Moradores gentilmente preparou o bolo de aniversário, celebrando os cinco anos do único programa temático sobre comunicação comunitária no Brasil, transmitido por uma rádio pública, a Tabajara da Paraíba. Danielly Gomes, uma das responsáveis pela atividade, elogiou a iniciativa do programa “Alô comunidade” em vir até ao povo da zona rural e disse que a comunidade do Jacaré estará sempre de braços abertos para receber os amigos da Zumbi, agradecendo pelo apoio. “Certamente estaremos juntos nos projetos de comunicação comunitária a serem encaminhados brevemente”, finalizou.

sábado, 14 de maio de 2016

Poeta da Academia de Cordel realiza exposição de arte naif em João Pessoa

O poeta Márcio Bizerril, de Guarabira, membro da Academia de Cordel do Vale do Paraíba, abrirá exposição dos seus quadros no Gazzetta Café, na Avenida Almirante Tamandaré, nº 664, em Tambaú, João Pessoa, na sexta-feira, 20 de maio, às 20 horas.

Inspirado por nomes como Clovis Junior e Leandro Gomes de Barros - representantes das artes visuais e poesia, respectivamente -, Márcio Bizerril estreou como artista no início dos anos 2000, quando começou a pintar profissionalmente. A poesia popular em sua vida surgiu posteriormente, com naturalidade, como consequência de sua arte primitiva inspirada na diversidade da cultura nordestina.

Arte naif, ou arte primitiva moderna é, em termos gerais, a arte que é produzida por artistas sem formação acadêmica. Por seu trabalho nas artes plásticas e na poesia popular, Márcio Bizerril é conhecido como o “poeta das cores”.

ITABAIANA

Moradores do Conjunto José Lins do Rego temem por novas enchentes em riacho

Ponte sendo construída em riacho

Os moradores do Conjunto José Lins do Rego, em Itabaiana, e artérias próximas como a Rua Coronel Manoel Pereira Borges, estão preocupados com possível transbordo do riacho que corta a cidade e que passa nos quintais das residências dessas localidades. Segundo eles, o problema ocorre há muito tempo e faltam ações definitivas por parte da prefeitura para resolver a questão. Com a temporada das chuvas, muita gente relembra os prejuízos causados após fortes temporais.

Durante sete anos, a jornalista Socorro Almeida morou no Conjunto José Lins do Rego. Ela diz que já foi vítima de duas enchentes. “A última foi a mais traumática. Perdi móveis e o desespero foi geral”, conta ela. Quando chove forte, os moradores ficam em estado de alerta. Tem muito lixo no riacho, já bastante assoreado.
A Prefeitura Municipal de Itabaiana não anuncia nenhuma obra de controle das enchentes no riacho, mas autorizou a construção de uma ponte que, segundo os moradores, além de represar a água, vai acumular o volume que desce de outras localidades, impedindo o curso normal. “As enchentes serão certamente mais fortes”, acredita Socorro, para quem a obra é inviável e coloca em risco as casas e seus moradores. “Cadê que mandam retirar o lixo e o matagal que represa o riacho?”, pergunta ela.

Sem manutenção para evitar o assoreamento do riacho, configura-se uma tragédia anunciada, conforme os moradores. “Se tivéssemos uma manutenção constante no riacho, seria possível evitar muitas perdas de moradores e contaminação pelas águas poluídas”, acredita ela. “Em vez de dragagem e manutenção do riacho, constroem uma ‘ponte’ totalmente irregular”, completou outro morador do Conjunto.

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Escolas da rede pública de São José dos Ramos superam meta do IDEB


São José dos Ramos foi o município no vale do Paraíba que apresentou o mais alto Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), com 3,9 pontos, superando a meta de 3,5 para o ensino médio segundo dados de 2013 divulgado pelo Ministério da Educação. O Ideb de Itabaiana foi de 3,9 pontos, mostrando crescimento nos anos iniciais da rede pública. Atingiu a meta e cresceu, mas não alcançou 6,0.

Salgado de São Félix teve o pior desempenho no ensino médio, com Ideb de 3,3, quando a meta para o município é de 3,8 pontos. Mogeiro atingiu 3,8, com meta de 4,1. Tem o desafio de garantir mais alunos aprendendo e com um fluxo escolar adequado. Juripiranga não atingiu a meta, teve queda e não alcançou 6,0. Em Pilar, o índice foi de 3,1, com meta de 3,3 do Ideb. São Miguel de Taipu teve 3,4 pontos, com meta de 3,6.

O Ideb foi criado pelo Inep em 2007, em uma escala de zero a dez. Sintetiza dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: aprovação e média de desempenho dos estudantes em língua portuguesa e matemática. O indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar, obtidos no Censo Escolar, e médias de desempenho nas avaliações do Inep, o Saeb e a Prova Brasil.


A série histórica de resultados do Ideb se inicia em 2005, a partir de onde foram estabelecidas metas bienais de qualidade a serem atingidas não apenas pelo País, mas também por escolas, municípios e unidades da Federação. A lógica é a de que cada instância evolua de forma a contribuir, em conjunto, para que o Brasil atinja o patamar educacional da média dos países da OCDE. Em termos numéricos, isso significa progredir da média nacional 3,8, registrada em 2005 na primeira fase do ensino fundamental, para um Ideb igual a 6,0 em 2022, ano do bicentenário da Independência.

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Famup diz que prefeito que terminar o ano pagando servidor em dia alcançará um milagre

Com exceção de João Pessoa e de Campina Grande, o prefeito paraibano que conseguir terminar o ano sem atrasar salários de servidores pode dizer que alcançou um milagre. A constatação é do presidente da Federação das Associações dos Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, que alerta para o aprofundamento da crise, por conta da letargia em Brasília.
Nesta quinta-feira à noite (5), ele foi entrevistado do programa '27 Segundos', da RCTV (canal por assinatura do Sistema Correio de Comunicação).
Na próxima semana, a partir do dia 9, começa em Brasília mais uma edição da Marcha dos Prefeitos de todo o país. Todos os governadores foram convidados. A presidente Dilma Rousseff também foi convidada, mas não deve comparecer. No dia 11, no ápice da mobilização dos prefeitos, o plenário do Senado Federal deve estar votando o afastamento da presidente da República.
Ele lembrou que a crise começou em 2008, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, desdenhou garantindo que era "só uma marolinha". O presidente da Famup disse que a partir daí, as arrecadações foram caindo, os repasses e transferências foram sendo reduzidos, seguindo-se de desemprego nas indústrias e por conta do fechamento do comércio. "Sem impostos, o FPM diminuiu porque a base do Fundo de Participação é ISS e o Imposto de Renda, além do ICMS, para municípios maiores. Do outro lado, medicamentos, combustíveis e salários aumentaram. Tudo contribuiu para essa situação", lamentou.
Tota Guedes disse que é grande a preocupação, porque a partir de junho às receitas tendem a cair cada vez mais, até outubro. "Em maio ainda tem a restituição do IR, mas depois a tendência é seguir a queda", previu.
Ele garantiu que os prefeitos estão com dificuldades de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. "Só em passar os limites de gastos com pessoal, o gestor já infringe a Lei de Responsabilidade. Muitos vão se tornar ficha suja por conta da crise que o governo federal deveria ser responsabilizado", disse.
Tota reconheceu que o Congresso Nacional não vota nada e que os gestores não conseguem nenhum tipo de liberação nos ministérios ou em outros órgãos do governo federal.  "O Congresso está parado e temos uma pauta municipalista esperando. O presidente da Câmara havia se comprometido em colocar essa pauta no dia 29 do mês passado, mas nada aconteceu", relatou.
Ele citou dois exemplos. Um deles é PEC 172, do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), que obriga o governo federal  a indicar de onde virão recursos para programas sociais que ele cria e que têm impacto direto nas finanças municipais. Outra proposta é a chamada 'PEC do Cartão de Crédito', que determina que todos os impostos de relação comercial com cartão de crédito fique no município onde se deu a negociação. Hoje, o imposto vai para Barueri (SP).
A Famup reconhece que crise engoliu a pauta da Marcha dos Prefeitos. Na pauta dessa mobilização estariam em discussão questões como a repartição de verbas do Fundeb, que pagam o piso dos professores. Segundo Tota, o governo federal entra apenas com 10%. O estado banca 45% e os municípios são responsáveis pelos outros 45%. "Há um desequilíbrio claro nessa divisão", frisou.

Tota Guedes disse que os municipalistas esperam ter um melhor diálogo no futuro governo de Michel Temer, numa tentativa de rediscutir o pacto federativo. "Veja só: de tudo que arrecada, o município gasta em saúde 28% e 23% em educação. O governo federal gasta apenas 6% a 8%. Essa divisão tem que ser mais equilibrada", argumentou.

Portal Correio

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Representante de São José dos Ramos é eleita para o Conselho Estadual de Cultura

A folclorista Maria Laura de Albuquerque Maurício (foto) foi eleita na 12ª Regional de Cultura representante da região no Conselho Estadual de Política Cultural (Consecult), nesta sexta-feira (6). Ela obteve 153 votos, tendo como suplente Marcos Antonio da Silva, de Caldas Brandão, com 109 votos. A cidade de Itabaiana, que é sede da Regional, não apresentou candidato.

Maria Laura Maurício possui Graduação em Letras e Literatura Brasileira pela Universidade Federal da Paraíba, Mestrado em Letras pela Universidade Federal da Paraíba com a pesquisa sobre o aboio no município de São José dos Ramos. Doutora em Linguística pela Universidade Federal da Paraíba com a pesquisa sobre ABOIO: TIPOLOGIA DE UM GÊNERO ORAL. Atualmente desenvolve o Projeto Cordel na Sala de Aula em trinta e quatro Escolas Municipais na Cidade de João Pessoa com o apoio da Secretaria Municipal de Educação. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa e Linguística.

Sobre o Conselho –  O Conselho Estadual de Política Cultural é constituído por 24 membros titulares e igual número de suplentes, sendo 50% do poder público e 50% da sociedade civil, ligados aos setores artístico-culturais, escolhidos dentre pessoas com efetiva contribuição na área cultural, de reconhecida idoneidade, residentes no Estado da Paraíba e nomeados por ato governamental.

terça-feira, 10 de maio de 2016

Apesar de ser a maior cidade da região, Itabaiana está fora do Mapa Turístico da Paraíba


A Paraíba tem um novo Mapa Turístico, que foi apresentado nesta quinta-feira (5) pelo secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Laplace Guedes, e pela interlocutora do Ministério do Turismo na Paraíba, Alessandra Lontra.

Na região do agreste, apenas Campina Grande, Esperança e Ingá manifestaram interesse de participar de uma nova agenda de desenvolvimento proposta pelo Ministério do Turismo. Ao todo, 45 foram inseridos no novo modelo. Apesar de ser a cidade mais populosa e com forte apelo no campo do turismo cultural na região do vale do Paraíba, Itabaiana ficou de fora do Mapa Turístico, assim como Pilar, cidade centenária e propícia a eventos e viagens organizadas para conhecimento e lazer em elementos culturais.

Itabaiana possui uma Secretaria Municipal de Cultura, Turismo e Lazer, cuja dotação orçamentária para 2016, inserida na lei orçamentária anual vigente, é de quase dois milhões de reais. Na peça orçamentária, estão previstos investimentos em biblioteca pública, aquisição de móveis, construção do portal da cidade, quadras esportivas, construção do Memorial de Itabaiana, realização de eventos culturais, torneios, campeonatos e material esportivo para equipes amadoras, manutenção de campos de futebol, projeto “Lá vem o trem do Turismo”, Projeto “Bom de bola” para incentivo ao esporte e projeto “Campeão”, no mesmo sentido, além de manutenção da banda Nova Euterpe, realização de gincana interescolar e acompanhamento e participação na passagem da Tocha Olímpica pelo município, atividade que está orçada em R$ 130 mil reais.

Para a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, a redução do número de municípios do Mapa permite uma maior atenção às cidades verdadeiramente turísticas. Na opinião dela, muito locais, apesar de terem força de atração turística, ainda não possuem infraestrutura necessária para atender bem os turistas. Ela acredita que, a partir de agora, haja uma política de turismo que promova o desenvolvimento econômico das regiões. 


segunda-feira, 9 de maio de 2016

Poeta de Campina Grande concorre a cadeira na Academia de Cordel do Vale do Paraíba

Poeta Marconi Araújo (de preto) em recente acontecimento artístico promovido pela Academia de Cordel do Vale do Paraíba, que foi a abertura da exposição do artista plástico Otto Cavalcanti, no Espaço Cultural em João Pessoa. 

O campinense Marconi Araújo concorre a uma das cadeiras vagas na Academia de Cordel do Vale do Paraíba, sediada em Itabaiana. Para ele, é importante participar de uma entidade para valorizar e preservar a memória da literatura de cordel, juntamente com outros poetas, em prol da cultura nordestina.

Marconi é advogado e funcionário concursado da Justiça Federal na Paraíba, onde exerce a função de Diretor da Secretaria em Vara Federal Comum. Desde a adolescência descobriu a vocação para a prática poética, em especial pela literatura de cordel. Ganhou o concurso “Justiça Federal em Cordel, em 2003, com o trabalho “Justiça Federal fazendo História”, publicado no jornal “Tribuna Jurídica”, da associação dos advogados de Campina Grande, com ampla repercussão no meio jurídico e literário de Campina Grande.

O Presidente da Academia, poeta Sander Lee, disse que a entidade está aberta para os que querem viver a experiência de trabalhar conjuntamente para a expansão e produção do cordel, além da defesa da cultura popular como um todo.   


domingo, 8 de maio de 2016

“Precisamos é de água, não de fogo”, diz ato organizado contra passagem da Tocha na PB


Protesto organizado pelas redes sociais promete apagar a chama da tocha olímpica durante a passagem dela em Campina Grande. O símbolo do maior evento esportivo de todo planeta chega à cidade no dia 2 de junho. No Facebook, uma página intitulada ‘Campina Pede Socorro’ diz que a cidade “precisa de água, e não de fogo”.
Em menos de 24 horas, a convocação para protesto contra o revezamento da tocha na cidade teve mais de 200 reações, entre curtidas e compartilhamentos. A postagem sugere “apagar o fogo da tocha com água poluída do Açude Velho”. A mensagem alerta ainda para o baixo volume do Açude Epitácio Pessoa, o Boqueirão, que abastece a região. No início da semana, o Portal Correio apurou que o nível do reservatório caiu para 9,9% e que, por conta disso, o racionamento irá aumentar em Campina.
“No dia 2 de junho a nossa cidade estará com cerca de 8,8% de capacidade [de água], ou seja, estaremos em uma situação catastrófica por conta desse descaso e falta de atenção para um problema tão sério como esse! Ao mesmo tempo, essa palhaçada de tocha olímpica estará “desfilando” no cartão postal de nossa cidade! Uma festa que não é nossa e que só contribuirá para desviar a atenção da mídia e das dificuldades que estamos e que iremos passar nos próximo dias! Nossas armas? Panelas, faixas, baldes e um belo banho de água poluída do Açude Velho, irão apagar essa velinha que “homenageia” 3 anos dessa situação de racionamento em nossa cidade!”, diz o texto.
Nos comentários da postagem, internautas divergiram entre apoio à manifestação e críticas ao “radicalismo” proposto pela organização do protesto. Parte deles concorda que a situação em Campina Grande é crítica, mas diz que a passagem da tocha olímpica não é o momento para protesto. Outros defendem reivindicações durante o evento, mas dizem que não é necessário apagar o fogo olímpico. Há ainda quem sugira protestos durante o São João e critica os tradicionais 30 dias de festa durante o período.
A tocha olímpica chega à Paraíba no dia 2 de junho. A primeira parada será em Pedras de Fogo. Na sequência, o símbolo segue para Itabaiana e Campina Grande. O revezamento continua no dia seguinte, quando a tocha passará por Guarabira, Sapé e João Pessoa. Da capital paraibana, o fogo olímpico segue para Mamanguape, onde encerrará sua passagem pelo estado.


Portal Correio

sábado, 7 de maio de 2016

Governo prorroga estado de emergência em Pilar, São Miguel e São José dos Ramos

O estado de emergência de 26 cidades da Paraíba, por conta da estiagem, foi prorrogado por mais seis meses, conforme novo decreto assinado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB) e publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (5). A validade do último decreto, datado de novembro de 2015, terminou na quarta-feira (4). Entre as cidades, constam Pilar, São Miguel de Taipu e São José dos Ramos.

Com esta medida, 196 municípios da Paraíba se encontram em calamidade por causa da estiagem prolongada, já que em abril o governo manteve a emergência em outros 170 municípios. De 2015 para 2016, apenas a cidade de Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano, deixou de estar em estado de emergência.

De acordo com o texto publicado pelo governo, a medida foi tomada considerando que a escassez de água persiste em alguns municípios paraibanos. A estiagem prolongada, por sua vez, implica em prejuízos significativos para as atividades produtivas do estado, principalmente a agricultura e a pecuária.

A situação de emergência autoriza o Poder Executivo estadual a abrir crédito extraordinário para enfrentar o problema da seca. Também ficam dispensados de licitações os contratos de aquisição de bens e serviços necessários às atividades de resposta ao desastre, locação de máquinas e equipamentos, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação do cenário.

Em maio de 2012, foi decretada pela primeira vez a situação de emergência em 25 municípios. De lá para cá, o governo vem renovando a medida de seis em seis meses. O número subiu para 26 e em seguida para 27, voltando a cair para 26 este ano.