sexta-feira, 30 de novembro de 2012

População quer continuidade do mandato de conselheiros tutelares



Com mandatos expirando, os atuais conselheiros tutelares itabaianenses deverão deixar seus cargos em 2013, quando ocorrerá nova eleição para renovação do quadro, já que os atuais não poderão concorrer. No entanto, pesquisas mostram que a população da cidade de Itabaiana está satisfeita com a atuação dos atuais membros do Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente e deseja sua permanência. Para tanto, bastaria que a prefeita do Município, Dida Moreira, publicasse decreto marcando eleições do Conselho para daqui a quatro anos, coincidindo com a eleição de prefeito e vereadores.

Para a conselheira Débora Lins, números mostram um caminhar efetivo na direção da municipalização e da consolidação da participação popular na definição e controle de políticas sociais públicas em favor da criança e do adolescente, graças à atuação do Conselho Tutelar. “Nossa equipe desenvolve ações efetivas buscando contribuir para a garantia dos direitos da infância e isso tem o reconhecimento do povo”, afirmou. As dificuldades comuns a esse tipo de trabalho são ampliadas pela ausência de um maior aparato de apoio, como casas de passagem e condições materiais para atender aos inúmeros casos de abandono e violência familiar.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ITABAIANA

Dida Moreira tira gratificação e demite servidores  



A prefeita de Itabaiana, Dida Moreira (PSD), iniciou uma série de demissões, um mês depois de perder as eleições para o peemedebista Antonio Carlos Melo Júnior, retirando ainda bonificações de todos os servidores efetivos que tinham funções gratificadas. As perdas das gratificações ocorreram em todas as secretarias, segundo fontes da Prefeitura, para equilibrar as contas públicas, fechando o caixa para passar ao próximo gestor que assume em janeiro próximo.

Servidor que não quis se identificar disse que estava decepcionado com as medidas da prefeita. “Votei no candidato dela e o presente de fim de ano que ganhamos é esse corte, que deixa todo mundo desarmado, pois a gente já vinha recebendo essa pequena gratificação há muito tempo e isso incorpora no nosso orçamento”, disse ele.

O internauta Dailton mandou mensagem para o blog “Itabaiana Hoje” denunciando que as repartições públicas municipais estão sendo dilapidadas, com o roubo até de panelas e fogões nas escolas e creches. Para ele, a equipe de transição do próximo prefeito deveria ter acesso a esses órgãos municipais para evitar que sejam subtraídos os bens públicos. “Do jeito que vai, só vai sobrar o prédio da Prefeitura”, afirma Dailton.

A funcionária Larissa reclama do atraso no pagamento dos salários dos trabalhadores em educação. Segundo ela, a Prefeitura ainda não pagou o mês de outubro. ”É um absurdo, chega tanto dinheiro na Secretaria de Educação através do Fundeb e não se sabe o que fazem com esses recursos, que não pagam aos funcionários”, lamenta ela.

A Prefeitura de Itabaiana foi procurada, mas até o fechamento da reportagem não havia dado retorno para se posicionar sobre o assunto.

Transformista itabaianense faz show no Rio de Janeiro



O transformista itabaianense Manoel Bernardo agendou show na cidade de Rio das Pedras, no Estado do Rio de Janeiro, no próximo dia 20 de dezembro, com o espetáculo “Mimi Charlot”, produzido por ele. 

O ator transformista com ascensão à carreira nacional disse que seu personagem, Madame Mimi Charlot (foto), é uma mulher cheia de glamour que conta sua trajetória de vida em espetáculo intimista onde o ator revela seu talento de cantor e dançarino.

Manoel Bernardo começou sua carreira artística no Grupo Experimental de Teatro de Itabaiana nos anos 80, fazendo teatro infantil. Depois, foi atraído pelo universo dos atores transformistas, construindo carreira solo. “O espetáculo vem com muitas novidades e surpresas. É um prazer para mim, ter a oportunidade de mostrar minha arte nos palcos do sudeste, e garanto figurinos glamourosos e muita picardia para as pessoas que forem ver o show”, disse Manoel.

 
 
 


Publique seu livro conosco

A Editora SARVAP tem os melhores preços do mercado gráfico paraibano.

A Editora SARVAP presta todo o suporte para edição de seu livro:
• Digitação
• Revisão de texto
• Escaneamento e tratamento de imagens
• Diagramação
• Criação da capa
• Registro do livro junto a Biblioteca Nacional (ISBN)
• Ficha de catalogação, junto à Câmara Brasileira do Livro
• Fotolitos
• Impressão e acabamento

Pequenas ou grandes tiragens a partir de 50 exemplares

NOSSO DIFERENCIAL:

O preço! Faça pesquisa de mercado e comprove. Envie seu pedido de orçamento com o número de páginas do seu livro para nosso e-mail: pccn.itabaiana@gmail.com


Prefeito Antonio Carlos comparece à fundação da Associação dos Novos Escritores da Paraíba




Antonio Carlos com estudantes de João Pessoa na fundação da ANEP

O prefeito eleito de Itabaiana, Antonio Carlos Melo Júnior, esteve ontem na solenidade de fundação da Associação dos Novos Escritores da Paraíba, ocorrida na Câmara Municipal de Itabaiana. Na ocasião, Antonio Carlos garantiu que dará todo apoio à cultura local durante sua gestão.

A Associação aprovou os estatutos sociais e elegeu por aclamação sua primeira diretoria, tendo à frente o poeta Antonio Costta. Entre outras figuras da sociedade local, compareceram o escritor Efigênio Moura, o poeta Orlando Otávio, o músico Odinei, o historiador Israel Elídio de Carvalho Filho, a professora Celeste Fonseca, o poeta repentista Biu Salvino, a professora Geórgia, assessora do prefeito eleito, Luciano Marinho da Associação Memória Viva, o comunicador Ernane da Rádio Comunitária Rainha, cabo Jorge da Associação Afro, o vereador José Ubiratan, os repórteres Evanio Teixeira, de Pilar e Artur Forrozeiro do Tribuna do Vale, o vereador Pastor Ronaldo, Presidente da Câmara e seu assessor Beto Lucena, Clévia Paz, representando a Secretaria de Cultura do Estado, o poeta Agenor Otávio e o pastor Carlos Miranda.

Na tribuna, o vereador Ubiratan disse que não era escritor, mas teria satisfação em fazer parte da nova entidade que congrega os que se dedicam à literatura, fazendo menção a Fábio Mozart, presente à mesa, como um exemplo de dedicação pela cultura local, tendo merecido o título de “Cidadão itabaianense” indicado por ele, vereador. Citou ainda o jornalista Geraldo Almeida Aguiar como um grande divulgador da cultura local.

Clévia Paz lamentou que a prefeita atual, dona Dida Moreira, tenha se recusado a assinar o acordo federativo do Sistema Nacional de Cultura, mas espera que o futuro prefeito providencie a adesão do Município a este pacto que trará recursos do Ministério da Cultura para serem investidos na cidade.

O poeta Agenor Otávio recebeu os cumprimentos da mesa por estar aniversariando, e leu alguns poemas de sua autoria. O escritor e publicitário Efigênio Moura colocou-se à disposição da nova entidade, informando que a Universidade Estadual da Paraíba está abrindo espaço para novos autores paraibanos com selo editorial destinado a editar obras de escritores iniciantes.

Pedindo a palavra, o professor Israel Elídio de Carvalho Filho cumprimentou os estudantes de João Pessoa que estavam presentes em caravana especialmente vinda para prestigiar o evento, e lamentou que Itabaiana tenha sido abandonada no seu contexto cultural e histórico, lembrando a destruição do prédio onde funcionou o histórico Colégio São José da professora Marieta Medeiros, criticando os vereadores por não terem lutado contra esse “crime cultural”. Citou ainda nomes de itabaianenses que considera “heróis da pátria”, mas que na sua terra não têm recebido as homenagens merecidas, a exemplo do revolucionário guerrilheiro camponês Pedro Fazendeiro. “Botam nomes de bêbados e ladrões nas ruas, e esquecem de homenagear quem realmente merece ser lembrado”, disse Israelzinho. 

Poetas George Mendona e Antonio Costta, membros da primeiras diretoria da ANEP




quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Pilar tem o melhor desempenho do SUS no vale do Paraíba


A histórica cidade de Pilar é destaque na saúde


Ministério da Saúde divulgou a primeira amostragem do Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde. Nesta avaliação foi auferido, o acesso à saúde básica, ambulatorial e de emergência, conforme dados estatísticos fornecidos por estados e municípios.

O município de Pilar, no vale do Paraíba, atingiu o melhor índice de acesso e efetividade do SUS entre as cidades da região. O Município ocupa o 1º lugar em levantamento feito Ministério da Saúde, na avaliação de efetividade do Sistema Único de Saúde (SUS).  A cidade também se destaca na Região do vale do Paraíba no índice de acesso ao SUS, ficando na frente de municípios com estrutura maior no setor, como Itabaiana, a antipenúltima posição do ranking .

O Ministério da Saúde avaliou a efetividade do SUS em Pilar, dentro do Índice de Desempenho do SUS (Idsus).  A avaliação da efetividade ganhou nota 5,98. Tal índice é obtido através de indicadores como a cobertura de vacina tetravalente em menores de um ano, a média anual da ação coletiva de escovação dental supervisionada e a proporção de internações sensíveis à atenção básica. Além disso, são levados em consideração as proporções de partos normais realizados na Cidade.

Pilar também ocupa o primeiro lugar no quesito Efetividade do SUS entre as quatorze cidades da região. Nesse item, ficou na frente de Itatuba, Juarez Távora, Gurinhém, Ingá, São José dos Ramos, Juripiranga, Riachão do Bacamarte, São Miguel de Taipu, Pedras de Fogo, Mogeiro, Itabaiana, Caldas Brandão e Salgado de São Félix.
O Índice de Desempenho do SUS (Idsus) é um indicador síntese, que faz uma aferição contextualizada do desempenho do Sistema de Único de Saúde (SUS) quanto ao acesso (potencial ou obtido) e à efetividade da Atenção Básica, das Atenções Ambulatorial e Hospitalar e das Urgências e Emergências.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

São Miguel de Taipu

Secretaria de Educação tem fornecimento de energia cortada



Nesta terça-feira (27) a distribuidora de fornecimento de energia da Paraíba (Energisa) esteve hoje no período da manhã fazendo as diligências de corte na secretaria de Educação da prefeitura de São Miguel de Taipu. O motivo da suspensão do fornecimento de energia foi a falta de pagamento da conta.

São Miguel de Taipu fica localizado na microregião de Sapé, no vale do rio Paraíba, com 6.696 habitantes. A cidade é governada pela prefeita Marcilene Sales da Costa (PT), que não conseguiu eleger seu sucessor na eleição de 7 de outubro. 

Há alguns meses, o promotor de Justiça, Aldenor Medeiros da Comarca de Pilar, entrou com uma Ação Cautelar pedindo o afastamento da prefeita. Segundo ele, a prefeita teria discriminado uma estudante que utiliza o transporte público municipal para assistir aulas em João Pessoa. O promotor disse ter sido procurado pelo pai da jovem, que pediu providências. O promotor criticou a prefeita e disse que ela está agindo como "uma tirana". A ação impetrada por Aldenor pedia afastamento da gestora e a aplicação de multa. 

(Com informações de Artur Anderson)


São Miguel de Taipu

"A estrada Juripiranga/ Itabaiana é um desafio nosso", afirma Ricardo Coutinho


Governador inaugura estrada em Aguiar, no sertão paraibano


Em seu programa de rádio, o Governador Ricardo Coutinho afirmou ontem (26) que a estrada Juripiranga/Itabaiana “é um desafio do Governo”, prometendo resolver o problema em pouco tempo. O tema surgiu do balanço que Coutinho fez das obras do projeto “Caminhos da Paraíba”, pelo qual já foram inauguradas várias rodovias no Estado. “O rejuvenescimento da rodovia Sapé, Mari e Guarabira está pronta e vamos inaugurar outras rodovias nos próximos meses”, afirmou Ricardo. “Este governo só promete o que pode fazer. Quando uma ordem de serviço é dada, ela é cumprida”, disse ele.

O Projeto Caminhos da Paraíba iniciou pela entrega da Rodovia Cajá/Caldas Brandão. Até hoje foram pavimentados, restaurados e rejuvenescidos 315 km de estrada, onde nove cidades ganharam asfalto. “São todas estradas novas”, destacou Ricardo Coutinho. Ele informou no programa “Fala Governador” que concluiu as obras da PB-177 – Picuí/Frei Martinho, PB-214 – Sumé/Congo,PB-338 e BR-230/São Domingos de Pombal. 

Em um ano e seis meses de administração, o Governo do Estado está investindo no Programa "Caminhos da Paraíba” R$ 544,10 milhões na construção e recuperação do setor rodoviário, com a realização de obras desde o Litoral ao Sertão. As obras executadas, em execução e licitadas já chegam a 1.216,12 km, sendo 638,30 km de pavimentação e 577,9 km de restauração.

Em pavimentação, já foram executados 95,30 km, no valor de R$ 38,4 milhões e estão em execução 262,00 km, com um investimento de R$ 135,1 milhões.
Dos 658 km de restauração de rodovias, 315,30 km já foram executados, com um investimento de R$ 85 milhões. Estão em execução mais 262 km, onde são investidos recursos da ordem de R$ 49 milhões.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Novo prefeito de Juripiranga busca orientação para assegurar boa gestão em seu município


Dr. Paulo (esq.) com o atual prefeito Tom Maroja


O prefeito eleito de Juripiranga, Dr.Paulo, é um dos gestores que estarão participando do Seminário promovido pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, no dia 27 de novembro (terça), voltado exclusivamente para orientações sobre temas que interessam aos novos gestores municipais, que estarão assumindo seus cargos em 1º de janeiro de 2013.

O novo gestor de Juripiranga acredita que este Seminário, “Encontro com os prefeitos”, ajudará muito no processo de transição e para conhecer melhor os mecanismos da administração pública, principalmente com relação a temas ligados à previdência social, prestação de contas dos repasses federais e a nova lei de acesso á informação. Dr. Paulo pretende fazer uma administração democrática e responsável, segundo ele para não cometer erros contábeis e gerenciais que comprometam o bom andamento da gestão. 

O atual prefeito do Município, Tom Maroja, disse que a transição será muito tranquila, e que dará posse ao novo gestor tendo oferecido amplamente as informações administrativas dentro dos parâmetros legais, “para que Dr. Paulo passe a gerenciar o Município com segurança e total conhecimento dos números e da situação geral da Prefeitura”. 

O Seminário do TCE acontecerá na sede do órgão e a abertura será às 8h30, com o presidente da Corte, conselheiro Fernando Rodrigues Catão.

domingo, 25 de novembro de 2012

ITABAIANA




Prefeitura deixará obra do matadouro inacabada

A Prefeitura Municipal de Itabaiana deixará inacabada a única obra com recursos próprios construída pela gestão da prefeita Dida Moreira. Trata-se do matadouro público, para cuja construção a edilidade vendeu dois prédios situados no mercado público e algumas viaturas pertencentes ao município.

Mais de um ano depois, as obras do matadouro estão inacabadas, em total abandono, como mostram as fotos dos portais “Gil Notícias” e “Itabaiana Hoje”. Durante este tempo, com a interdição do matadouro público, os marchantes da cidade recorreram às cidades circunvizinhas para abater o gado vendido na feira livre, “causando enorme constrangimento e encarecendo o produto para o consumidor itabaianense, além da falta de higiene nos transportes inadequados da carne”, lamenta o blogueiro Gilberlan Pereira. Para ele, a gestão de dona Dida vem se superando no quesito incompetência.

A falta de planejamento e o descaso justificam essa obra inacabada. Além disso, a população já sofre com o corte de serviços considerados essenciais como coleta de lixo, o que  pode configurar improbidade administrativa. Para o ministro Valmir Campelo, do Tribunal de Contas da União (TCU), “a corrupção caminha próxima às obras inacabadas ou paralisadas”. Muitas obras são iniciadas sem o devido projeto, sem planejamento de custos e acabam paralisadas.


sábado, 24 de novembro de 2012

Escolas municipais de Itabaiana terminarão o ano letivo mais cedo



Creche abandonada na periferia de Itabaiana (Foto: Marconi Xavier)


Todas as escolas do sistema municipal de educação em Itabaiana terminarão o ano letivo no próximo dia 30 de novembro, bem antes do calendário oficial, segundo lideranças do movimento sindical dos trabalhadores em educação. Conforme divulgação nas mídias eletrônicas, todas as escolas estão sucateadas, sem água, merenda ou material didático. Os professores e demais trabalhadores da educação estão com seus salários atrasados. “O último mês pago foi setembro”, informa um professor local.

Ainda conforme mensagens enviadas aos blogs locais, a Secretaria de Educação trabalha com três funcionários, além da tesoureira Mayara. “Os trabalhadores em educação na cidade de Itabaiana estão revoltados com o descaso da Prefeitura, que recebe recursos públicos federais para investir na educação e deixa a situação chegar a esse nível”, disse um professor.

A internauta Maria da Conceição publicou no blog “Itabaiana Hoje”: “Em oito anos de governo não foi construida uma única sala de aula. Essa é mais uma herança maldita que a prefeita vai deixar para o próximo prefeito. Ironia do destino: a prefeita já foi professora.”


De acordo com relatório da Unesco – órgão das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura – a educação ajuda a combater a pobreza e capacita as pessoas com o conhecimento, habilidades e a confiança que precisam para construir um futuro melhor. Neste contexto, a área é essencial para o desenvolvimento das cidades e deve ser prioridade de qualquer governo. O próximo prefeito da cidade, Antonio Carlos Melo Júnior, irá encontrar desafios na área educacional, setor que teve seu orçamento aumentado 2,5 vezes em sete anos, em valores absolutos, mas não teve gerenciamento correto.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

EXCLUSIVO



O gado padece com falta de pasto na zona rural de Pilar


Seca atinge município de Pilar que sofre com insegurança hídrica

O município de Pilar também sofre os efeitos da seca, embora localizado na zona da Mata paraibana. A cidade está sendo abastecida por carros-pipas, convivendo com altas temperaturas e escassez de água principalmente na zona rural. No sítio Figueiras, o gado sofre com a estiagem, a lavoura foi imensamente prejudicada e os mananciais de água estão secos. Na localidade, apenas duas cisternas fornecem água para mais de sessenta famílias. Os poucos açudes da região estão secos ou rompidos pelas últimas chuvas, no ano passado. 

Segundo o agricultor José de Sousa, o gado está morrendo por falta de pastos. Os moradores atestam que a situação é crítica, e que só se resolverá com a implantação do sistema de abastecimento d´água que será efetivado em 2013, conforme planejamento da Prefeitura em convênio com a Funasa. A prefeita do Município, Virgínia Veloso, prometeu dotar a comunidade desse benefício no ano que vem, extensivo aos sítios Lagoa do Gonçalo e Figueiras, beneficiando uma população de mais de quatro mil pessoas.  

Aproximadamente 390 mil paraibanos já sofrem os efeitos da seca, em 73 municípios que decretaram situação de emergência, no Sertão e até em áreas de plena Zona da Mata, a exemplo de Pilar. Segundo a Defesa Civil Estadual, 130 cidades da Paraíba estão sendo abastecidas por carros-pipas, entre elas, Pilar e Rio Tinto, localizadas na Zona da Mata, mas que vivem altas temperaturas e sofrem com a escassez de água como se fossem regiões do Sertão. A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (AESA) iniciou uma Campanha de Fiscalização para o uso racional dos recursos hídricos e a proteção dos mananciais da Paraíba. Alguns deles, como o açude Boqueirão, estão sendo poluídos e isso ameaça a saúde de milhares de pessoas no Estado. 

A temperatura média da Paraíba já aumentou até 2 graus em diversas regiões (do Sertão à Zona da Mata) e a tendência com as mudanças climáticas é que as temperaturas se elevem mais e a chuva fique cada vez mais escassa. Isso deixará a Paraíba mais vulnerável a doenças como cólera, diarréias, dengue, leptospirose e à mortalidade infantil.

Várias cidades, entre elas Pilar, estão em dificuldades para fechar suas contas, por conta de sucessivas reduções nos repasses do FPM e as necessidades de atendimento à população vítima da seca. “Por outro lado, não vemos ações efetivas do Governo do Estado para atender às necessidades dessas populações que sofrem com a seca. Então, fica difícil para os municípios ter condições, neste momento, de colocar em prática ações próprias de auxílio", afirmou o senador Vital do Rego Filho.

(Reportagem e fotos: Evanio Teixeira)


Açude Panorâmico está seco



Repasse de verbas para vigilância sanitária é suspenso em Itabaiana e mais 100 cidades paraibanas



O Ministério da Saúde suspendeu o repasse de recursos destinados à área de vigilância sanitária para 101 municípios que não abasteceram regularmente o Sistema de Informação Ambulatorial. A portaria publicada no Diário Oficial da União estabelece a mesma punição para 89 cidades que não cadastraram serviços de vigilância sanitária no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde.

No país, foram suspensos os repasses para 1.421 municípios.

A verba que ficou retida é referente ao terceiro quadrimestre de 2012. Para recuperá-la, os municípios devem atualizar as informações nos sistemas do Ministério da Saúde, que repassará os recursos no mês seguinte ao da regularização.

A suspensão dos repasses é usada pelo Ministério da Saúde como forma de garantir a aplicação correta dos recursos e a prestação de contas das cidades. A suspensão só é feita quando os municípios atrasam o preenchimento das informações obrigatórias por pelo menos dois meses consecutivos.

No vale do Paraíba, foram atingidos pela medida os municípios de Itabaiana, Mogeiro, Salgado de São Félix e São Miguel de Taipu.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Moradores de Juripiranga e Itabaiana protestam contra má qualidade de rodovia




O trecho da estrada entre Itabaiana e Juripiranga, no agreste da Paraíba, é considerado o mais crítico na malha rodoviária desta parte do Estado. A estrada está totalmente esburacada e sem asfalto. Revoltados com as péssimas condições da única estrada da região que liga Paraíba e Pernambuco, produtores rurais e lideranças comunitárias já ofereceram denúncia e levaram apelo ao DER (Departamento de Estrada de Rodagens), sem que a repartição tenha realizado qualquer ação no sentido de melhorar a rodovia.

O abandono da PB 54 tem causado revolta na população, que resolveu protestar contra a “estrada tábua de pirulitos” como é chamado o trecho rodoviário. Está sendo organizado ato público para chamar a atenção das autoridades. “Estou protestando no exercício da minha cidadania. Não tenho partido político e sou a favor do que está certo. Fico muito triste ao ver uma estrada tão importante, que liga dois estados, nessas condições há tanto tempo. Um verdadeiro desrespeito ao contribuinte”, enfatizou um motorista que não quis ser identificado.

O protesto será nesta quarta-feira, 21, a partir das 16h em frente à fazenda Ramalho. “Fecharemos a rodovia por uma hora para chamar a atenção das autoridades, para isso convocamos os motoristas e motociclistas que se sentem prfejudicados”, anunciou Daniel, um dos organizadores do ato.

Em 23 de julho de 2012, o Governo publicou nas suas mídias que “o diretor superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, inspecionou o andamento das obras de recuperação da rodovia entre Itabaiana e Juripiranga”, sendo que, até o momento, nem um palmo de recapeamento foi efetuado na estrada.

Salgado de São Félix fica sem energia nesta quarta-feira



Dezesseis municípios paraibanos terão o fornecimento de energia elétrica suspenso, nesta quarta-feira, 21. No vale do Paraíba, a cidade de Salgado de São Félix será atingida.

 A interrupção da energia elétrica também vai afetar os municípios de Cabedelo, Cruz do Espírito Santo, Mari, Pedras de Fogo, Santa Rita, Bananeiras, Esperança, Pilões, São Sebastião de Lagoa de Roça, Bom Jesus, Brejo do Cruz, Coremas, Santa Helena e Triunfo.

De acordo com a concessionária de energia, o serviço será suspenso para a execução de serviços de manutenção na Rede de Distribuição. A Energisa informa que, caso os trabalhos sejam concluídos antes do horário previsto, o sistema será reenergizado, independente de outro aviso.

Jornaleiro mais popular de João Pessoa divulga “Tribuna do Vale”




A banca de Reginaldo funciona no Ponto Cem Réis, no centro da capital paraibana, antigamente chamada Parahyba. Reginaldo Dionísio expõe livros, revistas e jornais na calçada do antigo Parahyba Palace Hotel, e é um dos mais populares jornaleiros da cidade.

Desde sua primeira edição, há nove anos, o jornal “Tribuna do Vale” tem seu espaço na banca de Reginaldo. Muitos fregueses, itabaianenses moradores na capital, passam mensalmente por lá para pegar seu exemplar do “melhor jornal do vale do Paraíba”.  “Esse jornal é muito procurado, tem gente que manda guardar seu exemplar”, explica Reginaldo.

A banca de Reginaldo funciona há décadas no Ponto Cem Réis. É o local de encontro de amigos, aposentados, fofoqueiros e jornalistas, artistas e ambulantes. Reginaldo já fez uma legião de amigos ao longo dos anos. "Conheço Régis há 30 anos e asseguro que aqui na região ele é mais conhecido que o prefeito”, disse Paulo Fragoso, um dos clientes/amigos.